The Last Internationale: um concerto de encher o olho e o coração no espaço Bang Venue em Torres Vedras

A sala ainda estava a meio gás enquanto os Palmers actuaram, mas isso não os impediu de dar um concerto cheio de energia punk rock! Os Palmers nasceram nas Caldas da Rainha depois de verem um concerto de uma das suas bandas favoritas e são compostos por Claudia Brás, Raquel Custódio e Vasco Cavalheiro. Já tocaram em várias salas e festivais do país abrindo para bandas como os Iceage e Parkinsons. Fazem parte da familia Pointlist e no final de 2018 lançaram o seu primeiro EP intitulado Younger Days.

Os The Last Internationale incluíram Torres Vedras na digressão portuguesa de apresentação do novo álbum “Soul on Fire” e já não foi a primeira vez que tocaram neste acolhedor espaço de concertos. O álbum é uma clara homenagem às raízes negras de uma América perdida e o concerto foi o reflexo disso mesmo. Tudo começou com a voz de Delila Paz entoando blues, criando uma máquina do tempo, levando-nos à altura em que escravos usavam estes cânticos para exorcizar sofrimento. A homenagem voltou quando a própria falou do novo álbum referindo-se a nomes como os de Nina Simone ou de James Brown.

Houve de tudo neste concerto, tudo o que pode fazer de um concerto – um excelente concerto: a entrega e o prazer dos músicos em cima do palco, uma invasão de palco a pedido da banda, os músicos a tocarem no meio do publico e três encores!

Tivemos ainda direito a três covers: “Sleep now in the fire” dos RATM (para relembrar a veia revolucionária e politicamente activa da banda), “Sympathy for the devil” dos Rolling Stones e uma magnífica versão de “A change is gonna come” de Sam Cooke, altura em que Delila vai para o meio do publico e derrete os poucos corações que ainda não estavam derretidos até então.

A banda é composta por dois elementos, Delila Paz na voz e Edgey Pires, na guitarra (e sim, o nome é português, as origens do músico estão em Arcos de Valdevez) e são acompanhados por William Berry Smith na bateria, número mais que suficiente para incendiar as nossas almas naquela fria noite de sexta-feira.


MAV_0815MAV_0862

 

 

Texto: Patrícia Rijo
Fotografia: Nuno Conceição

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s